quarta-feira, 21 de abril de 2010

Díptico - Grazziani e Lizandra

No curso de história da arte que estou fazendo no MUBE (Museu da escultura) de São Paulo, foi que tive a idéia de fazer um díptico (que nada mais é do que dois quadros que se completam). O que me fez pensar a respeito destas obras foi a aula de idade média, mais precisamente este díptico pintado por Piero della Francesca



Piero della Francesca: 'Díptico dos Duques de Urbino'
(Battista Sforza e Federico II da Montefeltro), 1472


 Uma curiosidade sobre estes quadros é que Segundo a professora,  o duque havia sido ferido no seu lado direito do rosto em uma batalha, e por isso pediu que aparecesse representado do seu lado "bonito". inclusive o pedaço do nariz que falta, não foi feito assim por imperícia de Piero della Francesca, mas sim porque havia sido arrancado. Para finalizar este momento cultural só tenho a dizer que: "quem ama o feio, só ama porque ele é duque".


Após algum tempo com esta idéia na cabeça, tive a chance de executá-la quando meu amigo Grazziani me disse que iria casar. Seria o meu presente para o casal, os dois desenhos. Procurei referências deles da maneira que havia imaginado, pela internet, mas não achei nada nem próximo. Falei com ele e demos um jeito de fazer essas fotos com ela sem que ela desconfiasse muito do presente. 


Fotos feitas, agora é só comigo. O meu plano seria fazer o desenho dos dois a carvão e conté, e o fundo em pastel colorido. Resolví fazer os dois ao mesmo tempo e no mesmo papel, e só depois cortar, pra ter uma unidade maior.



Primeira fase: carvão e conté.


Por incrível que pareça, agora é que veio a parte mais difícil pra mim. Fazer o fundo, que seria abstrato e colorido com giz pastel seco. Mas de última hora tive a idéia de fazer este fundo pintado. Como eu não havia planejado isto, o papel não tinha sido preparado pra receber  tinta a óleo, que já estou me acostumando a usar. O jeito foi usar acrílica, que por sorte eu tinha guardada em casa.
Como não tenho muita intimidade com arte abstrata, fui tentando... batendo cabeça.... e pondo tinta. Usei espátula e até esponja de cozinha.



Díptico montado e emoldurado

6 comentários:

  1. Perfeito Ale!!! Agora além de apreciar os quadros, sei um pouco da história. Abs brow

    ResponderExcluir
  2. Animal? Quanto custa para fazer um par de quadros desse ?

    ResponderExcluir
  3. Nossa Ale!
    Achei que ficou muito bacana! Parece que vc ja estava pensando no todo desde o começo. Porque casou tudo. Muito bacana mesmo.
    Abs.
    Luciane

    ResponderExcluir
  4. Show!
    E preciso dizer: mais legal do que a obra em si é o jeito como você descreve o processo criativo.
    Seu talento é inspirador, meu amigo.
    Abrasssss

    ResponderExcluir
  5. Não sei se este seria o lugar para fazer isso, mas gostaria de agradecer pelos pelos comentários, sejam de amigos, conhecidos ou desconhecidos. Muito obrigado pelas visitas e pelo tempo despendido em cada cometário.

    ResponderExcluir

Dê vida ao blog. Comente!