domingo, 21 de novembro de 2010

Estudo gestual - Bob Marley

Mais um estudo voltado para o gestual, mantendo (ou tentando manter) sempre o foco no todo.
A escolha do Bob Marley como objeto de estudo foi por acaso. Minha filhinha de 1 ano e 4 meses chegou trazendo um livro/album do Bob Marley, que há muito não ouvia. Coloquei um dos cds e fiquei folheando o livro.  Existem algumas fotografias bem legais ali, e como estou me policiando para fazer pelo menos um desenho por dia, resolvi encarar.
O início correu conforme o que tinha planejado, e embora bem genérico, o todo foi configurado (ou pelo menos eu achei que tinha sido).

Primeira fase (clique para aumentar)

Após essa primeira fase, continuei tentando me manter focado no todo, e não em partes específicas. algumas travas (ainda genéricas) já estão presentes.

Segunda fase (clique para aumentar)

Creio que tendo ainda muito receio, podia ter continuado sem essas travas, mas elas acabaram aparecendo quando refiz o desenho gestual sobre a primeira "camada", visando acertar as proporções que ficaram erradas após o primeiro desenho.
Acho que este desvio que começou a aparecer nesta fase, se agravou conforme ia adicionando "camadas", e piorou bastante quando percebi que ao colocar a massa que seria o cabelo, ela teria que ser bem baixa. O que eu acho que deveria ter feito era ir colocando estas massas do cabelo conforme colocava as massas do rosto, pois ao colocar a massa do cabelo num valor baixo, destoou demais do rosto.
Tentei fazer com que o rosto ficasse num tom mais baixo, mas não a ponto de perder as sutilezas que haviam aparecido nas primeiras camadas.
Ao menos consegui me manter razoavelmente bem dentro do que havia pensado.

Bob Marley - grafite - 1h30 (clique para aumentar)


Um comentário:

  1. Sensacional Blog Alexandre! Gostaria que desse uma olhada no meu blog sobre materiais de pintura, assuntos em comum: http://cozinhadapintura.blogspot.com/

    Abraços!

    ResponderExcluir

Dê vida ao blog. Comente!