quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Pequeno caderno de sketch

Ano passado comecei a desenhar no metrô, em minhas viagens diárias.
No começo usava um caderno grande, mas ele era difícil de sacar quando precisava, chamava muita atenção.

Logo arrumei este caderninho. Um pequeno. Bem pequeno. De bolso.
Aí sim consegui desenhar bastante. Para não dizer que ele é perfeito, tem a inconveniência de não permitir desenhos maiores, o que ele compensa pela mobilidade.
Mesmo nas horas em que o metrô está lotado consigo desenhar.

Acho engraçado o modo como algumas pessoas me olham com o caderninho (que parece uma pequena bíblia).  Devem pensar: "o que este doido está anotando na bíblia.... e olhando pra mim ainda???"
Outras vem falar comigo. "Que legal o que você fez. Parabéns!" ou "eu gostava de desenhar quando era criança, depois parei."
Sempre tento falar alguma palavra que incentive elas a voltar ao velho habito.

Olhando com atenção dá pra perceber nos desenhos até mesmo uma certa evolução, entre altos e baixos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê vida ao blog. Comente!