domingo, 5 de fevereiro de 2012

Pinacoteca - Eliseu Visconti

Domingo passado reunimos por volta de 20 pessoas entre alunos e amigos do ateliê que estudo para uma visita à Pinacoteca do estado de São Paulo, especialmente para ver a exposição sobre Eliseu Visconti.

É uma exposição que vale a pena visitar, pois Eliseu Visconti tem algumas obras muito interessantes, seja pelo trabalho muito bem executado ou pela mudança de perspectiva, passando de obras lineares (de qualidade) a outras de conteúdo pictórico muito bem executadas. Alias, um adjetivo que o colega Marcelo deu a  Eliseu Visconti e que concordo plenamente é que é muito arrojado, especialmente na hora de passear por outras vertentes que deviam ser moda na época.

O colar - 1922

Passou pelo impressionismo e até pelo modernismo, mas infelizmente, como acabamos chegando à conclusão, não mantém o mesmo nível técnico nessas incursões, embora em alguns momentos se saia muito bem.

Uma curiosidade é que encontramos em uma das salas um desenho pequeno que conhecemos muito bem no atelie.

 

O desenho da esquerda é o de Eliseu Visconti. O da direita é de John Singer Sargent, pintor americano que costumamos estudar. Comparando os desenhos, não dá pra falar que não foi uma cópia, muito mal feita.
O ponto negativo disso é que não ha menção alguma a Sargent, e o desenho está inclusive assinado por Eliseu Visconti.
Como ponto positivo posso dizer que já ví muito aluno do atelie fazendo cópia desse desenho muito melhores.

Após um café, fomos desenhar algumas esculturas pela pinacoteca.

BRECHERET
(clique para aumentar)
  
AUGUSTE PUTTEMANS
(clique para aumentar)
RODOLPHO BERNARDELLI
(clique para aumentar)
RODOLPHO BERNARDELLI
(clique para aumentar)

3 comentários:

  1. Como você é apressadinho em julgar. Não tem a mínina idéia de como e porque ele fez essa cópia do desenho de Sargent a acha que pode opinar sobre a execução do desenho. Indo além na sua bobeira ainda acha que Visconti deveria dizer "olha isso é uma cópia do desenho de Sargent", francamente é por isso que Visconti é um artista e você não. Você tem a alma rasteira e infantil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcelo

      Em primeiro lugar não fui apressadinho. Foram muitos anos de estudo pra poder falar o que disse. Não sei o porque ele fez esta cópia, mas o como da pra ver... não precisa de muito. Não julguei o porque, percebe? Julguei a execução, e ela está mal feita. Não é questão de ponto de vista, a não ser que você seja um leigo, apenas um fã do artista, que aplaude qualquer coisa que ele faz.
      Deixando pra lá o desrespeito à mim (o que já seria motivo para ignorar seu comentário), qualquer artista deve mencionar uma cópia pelo fato de estar usando trabalho de outro. Isto é coisa que qualquer artista sério faz e deveria saber. Grandes mestres estudam outros mais antigos, mas . Se é por se apropriar do trabalho alheio que Visconti é artista, eu mesmo me coloco fora deste grupo, não preciso de aval.

      Excluir
    2. Infantil não seria o cara que faz uma crítica destas e nem se identifica? Qual é seu nome verdadeiro, "Marcelo"?

      Excluir

Dê vida ao blog. Comente!